Tuesday, August 22, 2006

RADIOGRAFIA DE UM VENCIDO.
















VERSOS INTIMOS

Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!


Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.


Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.


Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!

[De Augusto dos anjos, em Eu e Outras Poesias(A radiografia é minha mesmo)]

4 comments:

LC said...

Leia, faça seu comentário e concorra a Bibliografia Completa de Augusto dos Anjos com direito a uma versão comentada.

hehehehehehhehe

Eliza Araújo said...

augusto sempre foi roque no sangue. dos meus.

Douglas Venoso said...

Augusto dos Anjos sempre será o melhor!

Gustavo said...

Todo encatarrado o menino.